FAQ/Perguntas Frequentes

GRATUIDADE

Idosos (a partir de 65 anos de idade), estudantes da rede pública (uniformizados) e portadores de deficiência física. Para exercer seus direitos, todos os beneficiários da gratuidade devem estar de posse do seu respectivo RioCard no momento do embarque em nossos ônibus, conforme previsto por lei.

Não serão aceitos protocolos e declarações escolares para liberação do embarque.

De acordo com a regulamentação em vigor, o direito à gratuidade está assegurado em todos os ônibus convencionais com duas portas (Lei n. 3167/ Cap I/ Seção I/ Arts. 1º e 3º).

Em relação a gratuidade no transporte público no estado do Rio de Janeiro, nada. A lei nº 7.916 não dá direito à gratuidade para idosos a partir de 60 anos no transporte público. Somente idosos maiores de 65 anos têm direito à gratuidade nos transportes públicos, assegurada pela Constituição Estadual.

Dirija se ao posto de cadastramento do RioCard, portando a declaração de matricula do ano corrente original, documento de identidade original, comprovante de residência original. O aluno deve comparecer ao posto para que seja feita a foto e cadastramento da digital.

Dirija se ao posto de cadastramento do RioCard, portando o documento de identidade original, CPF, comprovante de residência original. O idoso deve comparecer ao posto para que seja feita a foto e cadastramento da digital.

POSTO DE CADASTRAMENTO

  • Maricá: Avenida Roberto Silveira, 152 loja B– Centro.
  • Niterói: Terminal Rodoviário João Goulart.
  • São Gonçalo: Rua Dr. Alfredo Baker, 605 – Alcântara.

Horário de funcionamento dos postos: Segunda a sexta de 8h as 17h

BILHETAGEM ELETRÔNICA

  1. O tempo de embarque e desembarque é reduzido, permitindo maior rapidez no percurso do itinerário, com melhorias para o trânsito e a oferta de transporte.
  2. O manuseio de dinheiro é menor dentro do ônibus, o que contribui para inibir assaltos.
  3. A gratuidade é exercida por quem de fato tem direito, uma vez que o sistema impede que a gratuidade seja fraudada.
  4. Maior segurança e facilidade nos procedimentos do vale-transporte para as empresas empregadoras de mão de obra, que compram o vale transporte pela Internet e podem controlar o uso e distribuição do benefício.
  5. Pode ser usado em qualquer meio de transporte – ônibus, metrô, trem e barca – independentemente do valor da tarifa.
  6. Em caso de perda ou roubo do cartão, basta solicitar o bloqueio dos créditos.

 

Para maiores informações, visite o site da RioCard: www.cartaoriocard.com.br

O Bilhete Único Intermunicipal é um benefício tarifário instituído pela Lei 5.628/09 que possibilita a utilização de no mínimo um transporte intermunicipal, dentro de um período determinado, na região metropolitana no Rio de Janeiro.

– Intervalo máximo entre os transbordos: 3 horas.

– Intervalo mínimo entre integrações de ida e volta: 1 hora
– O usuário poderá realizar até duas viagens diárias (ida e volta)

– O uso do cartão – duas vezes seguidas no mesmo transporte, não caracteriza integração de Bilhete Único Intermunicipal, portanto o cartão debitará o valor integral das duas tarifas.
– Em linha ou serviço de transporte intermunicipal com valor superior à tarifa praticado no sistema Bilhete Único Intermunicipal, será debitado do cartão o valor máximo da tarifa de Bilhete Único.
– Cada usuário poderá ter apenas um cartão associado ao seu CPF.
– Para se cadastrar no benefício, é necessário ter idade acima de 05 anos e máxima de 64 anos, de acordo com o Decreto 45.746 e renda mensal de até R$ 3.205,20 (Três mil, duzentos e cinco reais e vinte centavos), de acordo com os Decretos 45.895 e 46.246.
– O cartão é pessoal e intransferível

– O Bilhete Único Intermunicipal não poderá ser cedido, emprestado, vendido, ou dada qualquer outra forma de permissão para que terceiros o utilizem. O uso por terceiros constitui fraude e implicará, ao seu titular, nas sanções previstas em Lei.

No site, lojas e postos de atendimento da Riocard. Consulte o site www.cartaoriocard.com.br e saiba mais.

Os cartões podem ser recarregados no site, nas lojas RioCard e nas máquinas de autoatendimento disponíveis na rede de recarga. Consulte os locais disponíveis em www.cartaoriocard.com.br

ACESSIBILIDADE

O embarque e desembarque de cadeirante nos coletivos rodoviários é feita através de cadeira de transbordo, somente no ponto inicial e final conforme normas vigentes. Os coletivos dispõem de dois assentos, sinalizados, para pessoas portadoras de deficiência, gestante, criança de colo, idosos e/ou com mobilidade reduzida. Toda a frota de ônibus urbanos é equipada com elevadores de acesso para cadeirantes.

Toda nossa frota de ônibus modelo Urbano é equipada com elevadores para cadeirantes.

Não. Só transportamos objetos de clientes embarcados.

Apenas cães e gatos, de pequeno e médio porte, seguindo as seguintes recomendações:

Todo animal deverá ser colocado (permanecendo assim durante toda a viagem) em gaiola ou maleta adequada e especialmente fabricada para transporte de animais (atente para as dimensões exigidas para cada animal).

Caso o animal ocupe poltrona, é necessário pagar passagem.

Não é permitido o transporte de animal que, por sua espécie, tamanho, ferocidade, peçonha ou saúde, comprometa o conforto e a segurança do veículo, de seus ocupantes ou de terceiros.

O passageiro deve apresentar carteira de vacinação atualizada, na qual conste à aplicação das vacinas antirrábica e polivalente.

TARIFAS

O preço da passagem que se paga no ônibus é determinado pelo Governo. Ele determina o valor da tarifa, o itinerário, a quantidade da frota e horários que devem ser cumpridos. Nenhuma empresa pode aumentar ou diminuir o preço da passagem sem autorização. O cálculo leva em consideração uma planilha de custos e o número de passageiros transportados por linha.

PONTOS DE ÔNIBUS

Não. A conservação dos pontos de ônibus é de responsabilidade dos órgãos de administração pública locais.

Linha Maricá x Castelo / Itaipuaçu x Castelo

Destino: Terminal Menezes Cortes (Castelo)

  • INTO
  • Avenida Franklin Roosevelt

 

Destino: Maricá/Itaipuaçu

  • Aeroporto Santos Dumont
  • INTO

 

Linha Maricá x Candelária / Itaipuaçu x Candelária

Destino: Candelária

  • INTO
  • Rodoviária Novo Rio
  • Hospital dos Servidores
  • Rua Camerino
  • Avenida Presidente Vargas
  • Ponto final: Rua Visconde de Inhaúma

 

Destino: Maricá / Itaipuaçu

  • Binário do Porto
  • INTO

Linhas com destino a Niterói:

  • Estação João Brasil
  • Estação Horto
  • Estação Getulinho

 

Linhas com destino ao Rio de Janeiro:

  • Estação Nossa Senhora das Mercês
  • Estação Bairro Chic
  • Estação Riodades

Serviço Rodoviário

2146D   Maricá x Candelária – faz paradas em horários alternados

Maricá x Castelo – todos os ônibus a partir das 21 horas em dias uteis

Sab., dom. e feriados todos os ônibus com destino ao Term. Menezes Cortes (Castelo)

 

2590R   Ponta Negra x Castelo – todos os horários

 

Itaipuaçu x Rio de Janeiro – todos os horários

 

Serviço Urbano

Todas as linhas com destino ao Rio de Janeiro – todos os horários

TERMINAIS

Terminal Menezes Cortes (Castelo)

Av. Nilo Peçanha, 85 – Centro, Rio de Janeiro – RJ, 20020-100

Bilhete Único: Integrações com Ônibus Municipais VLT, Barcas, Metro

 

Terminal João Goulart

Av. Visconde do Rio Branco, S/N – Centro, Niterói – RJ, 24020-000

Bilhete Único: Integrações com Ônibus Municipais, Barcas

 

Terminal do Povo de Maricá

Av. Roberto Silveira, Maricá – RJ, 24900-000

Bilhete Único: Integrações com Ônibus Municipais e intermunicipais

 

Terminal de Integração Rodoviário José Ferreira da Silva

Prof. Cardoso, de Menezes, 9 – Itaipuaçu, Maricá – RJ, 24942-395

Bilhete Único: Integrações com Ônibus Municipais e Intermunicipais

ACHADOS E PERDIDOS

Se você esqueceu algum objeto ou documento no interior de um dos nossos ônibus, entre em contato através do telefone (21) 2634-7429, para que possamos ajudá-lo a encontrar.

Objetos e documentos perdidos ou esquecidos em nossos ônibus são direcionados para as nossas garagens e serão guardados no período de 60 dias, sendo posteriormente doados a instituições de caridade e/ou descartados.

ACIDENTES

Se você se envolveu em um acidente com um dos ônibus da Viação Nossa Senhora do Amparo entre em contato com o setor jurídico através do telefone (21) 2634-7400, de segunda a sexta, 8h as 17h.